Relíquias. As do dia-a-dia. Sentidos. Os pulsantes. Luzes. Os excessos das sombras. É quase sempre de verdade, quase nunca por inteiro e, com sorte, com alguma sujeira final pra polir... Intentos. Os desde criança. Açúcares. Os que amarguem no final. Topos. Os de cume desconfortável. Vergonhas cantadas em coretos centrais, pintadas de nu pra parecer espontâneo. Colaborações. As de gosto, por favor!

quinta-feira, janeiro 22, 2009

Casa nova.


domínio diferente, com nome próprio.

vontades e traumas semelhantes.


Um comentário:

Caroline AS disse...

vc que fez? ou copiou e montou num PS?
Fiou bem legal... poderia usar como título de seu blog

Praser em visitar blogs legais como o seu

bjos